Você está em Enigmas e Ufologia >>>>> Acesse a página inicial de Enigmas e Ufologia

 

 

 

  OS DEUSES DO NOVO MILÊNIO

   

     Este é o nome do livro lançado em 1997 por Alan F. Alford. Não se trata de uma metáfora, mas de deuses mesmos, no sentido em que damos comumente a esta palavra e, mais apropriadamente, em seu sentido ufológico.

O livro é arrojado na medida em que se torna uma profecia para o futuro do nosso planeta, a qual estaria prestes a ocorrer. Ele toma como base o estudo exaustivo do Velho Testamento e de textos mesopotâmicos, compara as coincidências e chega à conclusão que o ser humano foi criado pelos deuses como uma raça de escravos, à imagem e semelhança deles, e mediante engenharia genética. Essa posição não é nenhuma novidade na medida em que muitos ufólogos há muito advogam essa ideia, embora não tão drástica a ponto de se achar que homem seja escravo dos deuses. Quanto à criação do homem pelos deuses, está bem implícito no livro bíblico Gênesis, 1: 26: “Também disseram os deuses: Façamos o homem à nossa imagem e semelhança...”. É interessante notar que, embora Deus apareça na tradução destinada para nós como singular, no original esta voz está no plural, ou seja, deuses. Em português se conserva o plural na palavra  “Deus”, embora seu sentido fique no singular.

O primeiro impacto dessa visão de Alford é a derrubada completa a teoria de que o homem evoluiu a partir de um ramo de macacos. O autor discorre então sobre as últimas descobertas no tocante às peculiaridades únicas do cérebro humano para desbaratar esta teoria.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Traçados de Nazca (nos Andes): um mistério ainda não explicado

   Após impressionar o leitor com esta primeira conclusão, Alford realiza uma série de análises realmente intensivas e muito bem trabalhadas sobre diversos monumentos, culturas, marcas estranhas, mapas estelares, etc. ao redor de todo o mundo para recolher informação que suporte a idéia de que estes deuses estiveram presentes na terra durante muitos anos, e que possuíam uma tecnologia muito superior aos humanos de então. Para ele, por exemplo há que se desvelar a funcionalidade da Grande pirâmide do Egito, dos traçados de Nazca, e de muitas outras peculiaridades muito interessantes que se diz funcionavam como aeroportos para os deuses, como bases aéreas onde aterrissariam em suas naves. Tudo isso apoiado numa grande quantidade de informação verificada inclusive por prestigiosos antropólogos e arqueólogos que reconheceram a quantidade de contradições históricas que se nos tenta passar, como por exemplo a crença de que as pirâmides são meras tumbas quando jamais foram encontradas  múmias dentro de qualquer uma das três pirâmides do Egito...


        Após isto viria a pergunta chave: de onde viriam esses deuses? Para responde-la Alan se embasa nos textos antigos do Enuma Elis sumério onde se descreve uma hipótese verossímil sobre a formação da Terra e do Cinturão de Asteróides, a origem da lua da terra, ou de numerosos cometas e muitas outras características insólitas do Sistema Solar. Dentro destas explicações o Emuna Elis falaria da existência de um décimo planeta no Sistema Solar, batizado com o nome de Planeta X e que os astrônomos atuais determinaram matematicamente. Os sumérios conheciam o Planeta X com o nome de Nibiru, o planeta do qual os deuses vieram à terra. Este planeta teria uma órbita eclíptica de 3600 anos, e em seus regressos periódicos ao interior do Sistema Solar havia trazido indícios de vida e acontecimentos atmosféricos irregulares como por exemplo o famoso dilúvio universal. "Quando o sábio grita: o dilúvio! ... É o deus Nibiru; é o herói, o planeta de quatro cabeças. O deus cuja arma é o dilúvio voltará; em seu lugar de repouso descerá" Enuma Elis.


          Segundo o que se comenta estes deuses estariam agrupados em diversas famílias ou clãs tal e como se explica na teologia egípcia e mesopotâmica. Segundo Alan, realmente muitos dos deuses primitivos egípcios corresponderiam a estes deuses chegados de Nibiru. Os deuses haviam criado segundo os ciclos da terra um calendário de 12 partes baseados num ciclo precessional (o que se chama de eras). Assim cada deus teria assinalado o governo do planeta durante aproximadamente 2160 anos, começando pela era de Leão possivelmente representada na esfinge Egípcia comemorativa de dito período. E assim iria transcorrendo a história da humanidade através dos diversos deuses, entre eles Jesus de Nazaré que seria o "governador" da era de Peixes, a era em que nos encontramos.


 
          Alan Alford nota que aplicando sua hipótese a humanidade se encontra às portas de uma grande mudança, pois estamos terminando a era de Peixes e adentrando na era de Aquário, o que significa a aparição de um novo "governador" sobre a terra, talvez o Messias esperado pelos judeus, talvez o imã oculto Muhammad al-Muntazar que restaurará o verdadeiro Islã, mas ligados de algum modo ligados aos extraterrestres. Essa conclusão de Alan pode ser facilmente vislumbrada em muitas profecias em que se fala na ação desses deuses no dia do chamado “fim dos tempos”. Mesmo no livro do Apocalipse pode ser perscrutada essa ideia. E este novo líder é chamado nas centenas de profecias, de Grande Monarca, que por sua vez é um precursor desse governador universal de uma nova Era, conhecido como Emanuel, o qual se associa a Jesus e como parte dele. Nostradamus chama literalmente esse futuro Grande Monarca de semideus, e o projeta em Hércules e seus doze trabalhos, e suas agruras. É bom que se note que Hércules foi um dos participantes da busca ao velocino de ouro, que esotericamente se associa ao deus interior do homem, capaz de levá-lo a uma nova era, chamada apropriadamente de Milênio de Ouro, onde o Espírito Santo triunfará sobre a matéria, numa verdadeira ressurreição do homem, agora morto para as grandes verdades.

         Assim, o que o autor quer que se reflexione é até que ponto influiria no futuro da humanidade a presença de um hipotético novo deus, que intenções teria a respeito dos seres humanos... 

 

                                                                    

Dinos de Acámbaro I Pedras de Ica I Círculo das Colheitas I Santo Sudário I Esferas mágicas I

Outros Enigmas  I Gigantes Sobre a Terra I

Arqueologia Bíblica: Arca de Noé - Arca da Aliança - Travessia do Mar Vermelho 

UFOLOGIA: Caso de Chapecó I Giorgio Bongiovanni I Deuses do Novo Milênio

I Urandir Fernandes I Outros Casos I

            

 

 

 

 

 

 ® DIREITOS RESERVADOS - LEI 9610 dos Direitos Autorais, de 1998.