Você está em Enigmas e Ufologia >>>>> Acesse a página inicial de Enigmas e Ufologia

 

 

ENIGMAS DA BÍBLIA

 

 A procura da Arca da Aliança

 

 

 

      A provável forma da Arca da Aliança

 

A Arca da Aliança ou Arca do Testemunho, ou ainda Arca do Pacto, chamada assim em razão de YHVH ter feito um pacto “com toda carne, era um fabuloso objeto bíblico que simbolizaria a presença de Deus na terra e teria com poderes extraordinários. É, como tudo o mais que há na Bíblia, é um simbolismo. Era uma espécie de baú, ou, como diz o nome, uma arca, feito de madeira de acácia, folheada a ouro por dentro e por fora, com quatro argolas – uma em cada lado - igualmente de ouro, para que pudesse ser carregada passando pelas argolas dois varais.  Dentro abrigava as duas tábuas de pedra nas quais estavam escritos os dez mandamentos recebidos por Moisés no Sinai, e ainda uma vaso que conteria maná.

 

Como simbolismo, a chamada Presença de Deus habitava a arca temporariamente, enquanto era feita a jornada pelo deserto em direção à Terra Prometida. Um tabernáculo foi erguido para abrigá-la. O poder estava nela.

 

Quando o Templo de Jerusalém foi construído pelo rei Salomão, a Bíblia nos revela que a Arca foi colocada no Santo dos Santos, o local mais sagrado do santuário. Ali ficou até por volta de 586 a.C., quanto os caldeus de Nabucodonor tomaram Jerusalém e saquearam o Templo. É sabido que depenaram o Templo, e levaram todos os objetos que tinham algum valor, quer de cobre, prata ou ouro. Na descrição dos objetos pilhados nada se fala da Arca. É no livro dos Macabeus que vamos encontrar a última menção à Arca, nos informando que o profeta Jeremias acompanhado de outras pessoas a teriam retirado do templo pouco antes dos caldeus tomarem a cidade, e escondido-a no Egito, nas proximidades do monte Horeb.

 

 

II Macabeus Capítulo 2

(versículos 1 a 8 - este livro faz parte da Bíblia católica)

   "Acha-se escrito nos documentos relativos ao profeta Jeremias... como o profeta, pela fé da revelação, havia desejado fazer-se acompanhar pela arca e pelo tabernáculo, quando subisse a montanha que subiu Moisés para contemplar a herança de Deus. No momento em que chegou, descobriu uma vasta caverna, na qual mandou depositar a arca, o tabernáculo e o altar dos perfumes; em seguida, tapou a entrada. Alguns daqueles que o haviam acompanhado voltaram para marcar o caminho com sinais, mas não puderam achá-lo. Quando Jeremias soube, repreendeu-os e disse-lhes que esse lugar ficaria desconhecido, até que Deus reunisse seu povo e usasse com ele de misericórdia. Então revelará o Senhor o que ele encerra e aparecerá a glória do Senhor como uma densa nuvem, semelhante à que apareceu sobre Moisés e quando Salomão rezou para que o templo recebesse uma consagração magnífica..."

 

Nostradamus parece indicar que a Arca estaria mesmo nesta região, e que será encontrada um dia. Provavelmente ela ainda existe, pois no Livro da Revelação (Apocalipse) o apóstolo João tem uma visão e ela é vista no novo Templo que um dia será reconstruído em Jerusalém, e que será o “Templo Universal”, ecumênico, reunindo as quatro principais religiões, sob o comando da nova Igreja Católica renovada, e realmente Universal (Católico = universal), segundo predição do próprio Jesus, ao falar do “fim dos tempos”.   

 

Muito se tem especulado sobre o paradeiro deste objeto sagrado, gerando filmes, documentários e livros.

Qualquer especulação fora disso não tem fundamento.

 

         

            [veja matéria em inglês - link fora deste site]

 

              [Veja Matéria fora do site: em português]

 

Para outras matérias sobre os enigmas da Bíblia acesso o índice de Enigmas e Ufologia

 Acesse a página inicial de Enigmas e Ufologia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 ® DIREITOS RESERVADOS - LEI 9610 dos Direitos Autorais, de 1998.